Bolo Gelado de Laranja

Pra não deixar passar em branco e pra marcar o período, preciso dizer que neste momento estamos sem teto e sem destino específico =D. Mas não há motivos pra preocupações, está tudo de acordo com o The Big Plan. Tá, nem tanto. Sendo beeeem sincera … algumas coisas mudaram, o plano se tornou algo maior. Por experiências vividas desde a decisão de sair do Brasil e por escolhas diferentes, hoje poderíamos mudar o nome para “The huge plan“, mas as explicações desta novela serão postadas aqui apenas quando tudo estiver resolvido, então vamos ao que me faz escrever hoje: receitinha nova!
paodelodelaranja_taisgriguol-4

Continue lendo

Polenta com Shimeji Preto

polenta

Primeira vez que cozinho cogumelos. Resultado da experiência: nota 10!

Sempre tive dúvidas quanto ao ponto, forma de preparo, limpeza e por conta disso, mesmo querendo muito fazer meus experimentos, vinha adiando. Algo que favoreceu isso, foi a grande quantidade de sites com informações divergentes que eu encontrei. Talvez eu não tenha feito a melhor busca, então se você que está lendo esse post tiver informações de fontes confiáveis, por favor compartilhe comigo nos comentários :).

Grosso modo, o que conclui na minha pesquisa foi que cogumelos não devem ser lavados em água corrente ou deixados de molho. Como eles são porosos absorvem muita água, então lavar desse jeito faz com que percam sabor e textura. O correto é apenas tirar as sujeiras (se existirem) com um pano, papel toalha ou uma escova macia. O ponto do cogumelo é o al dente, então nada de colocar na panela e esquecer, é jogo rápido. No caso do shimeji, a base que mantém os talos unidos deve ser retirada.

O prato realmente me surpreendeu, vai ser repetido muitas vezes! A receita original eu vi a muito tempo atrás no site da editora Abril. Eu coloquei bastante alho, o sabor ficou bastante acentuado, se preferir mais suave diminua a quantidade.

6 quadrados de polenta pronta medindo aproximadamente 6x6x1cm (comprimento/largura/espessura)
200g shimeji preto fresco
50g de manteiga sem sal
4 dentes de alho picado
Cebolinha verde picada a gosto
Mussarela (6 colheres de sobremesa se ralada, ou 6 quadradinhos do tamanho dos pedaços de polenta se fatiada)
Sal a gosto
Óleo para untar a forma

Unte uma forma com óleo. Corte os pedaços de polenta e disponha os mesmos na forma levando ao forno em temperatura alta.

Limpe os cogumelos e reserve.

Em fogo alto, coloque a manteiga na panela, espere derreter e adicione o alho. Deixe o alho refogar um minutinho, baixe o fogo e acrescente o shimeji.

Permaneça mexendo calmamente os cogumelos por aproximadamente 5 à 7 minutos, tire do fogo e reserve.

Retire a forma de polentas do forno (mantenha o fogo acesso) e vire elas. Em cima de cada pedaço de polenta coloque um pouco de queijo e sobre ele um pouco dos cogumelos cozidos. Leve novamente ao forno até o queijo derreter, em torno de 5 minutos.

Depois de tirar do forno, decore com a cebolinha picada e si degusti!

Pão de Alho

Nesta receita usei duas formas de alho industrializado, mas não precisa ser assim. Se preferir você mesmo fazer seu alho triturado e seu alho frito, fique à vontade. Outro detalhe é quanto ao pão, você pode utilizar diversos tipos, mas precisa ser um pão do tipo maçudo, pra que ele fique crocante por fora e macio por dentro. Fica uma delícia!!!!

pãodealho

1 pão do tipo italiano (ele é um pouco maior que um pão francês e com mais miolo) cortado ao meio
1 colher bem cheia (sopa) de manteiga
2 colheres bem cheias (sopa) de requeijão
1 colher bem cheia (sobremesa) de alho triturado
alho frito a gosto
orégano fresco a gosto

Antes de mais nada, pré-aqueça o forno em temperatura alta. Enquanto ele esquenta, misture a manteiga, o requeijão e o alho triturado para ter uma pasta. Espalhe esta pasta em ambas metades do pão (o segredo é não poupar, passe bastante mesmo, uso toda essa dose apenas para estas duas metades). Polvilhe alho frito e o orégano sobre o pão já com a pasta e coloque em uma assadeira. Leve ao forno quente por 5 a 10 minutos, começando a dourar já pode ser retirado. Si degusti!

Bolo de Fubá com Coco

Semanas (talvez meses) atrás resolvi fazer polenta. Atrás do pacote de farinha de milho tinha a receita de uma bolo que não levava farinha de trigo e como estava procurando por um bolo 100% de fubá, resolvi testar. Testei e achei que ficou seco demais, então fui substituindo alguns ingredientes e acrescentando outros, daí aconteceu … um novo bolo super gostoso surgiu 🙂

fuba1 fuba2
3 ovos
200ml de leite de coco
200ml de leite de vaca
1 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo (pode ser o branco se quiser)
1/2 xícara (chá) de óleo (usei de canola, mas podem ser outros)
1 1/2 xícara (chá) de farinha de milho
1/2 xícara (chá) de amido de milho
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento
1/3 xícara (chá) de parmesão ralado
1 xícara (chá) de coco ralado desidratado*
*essa quantidade é equivalente a quase um pacote de 100g. Então compre um pacote de 100g e guarde o que sobrar para usar na cobertura).

Cobertura:
200ml de leite de coco
5 colheres (sopa) de açúcar refinado
o resto do coco ralado

Para o bolo, bata tudo no liquidificador, despeje em uma forma untada e leve ao forno médio por aproximadamente 50 minutos, simples assim. Para a cobertura, leve uma panela ao fogo com todos os ingredientes e deixe ferver por 2 minutos (mexendo sempre). Assim que o bolo estiver pronto, tire do forno e cubra com a cobertura. Si degusti!

Esta receita é naturalmente sem glúten. Para saber mais, leia aqui.

Pão de Queijo de Alho

Pensando no que preparar neste final de semana ? Que tal um pãozinho de queijo de alho ? Ô coisa boa!

Caso você não goste de alho, sem problemas, é só tirar este ingrediente da receita que ela funciona do mesmo jeito.

IMG_0880
1 xícara (chá) de leite
3 xícaras (chá) de polvilho doce
3 ovos
3/4 de uma xícara (chá) de óleo (usei de soja, mas podem ser outros)
1 colher (chá) de sal
1 xícara (chá) de parmesão ralado
330g de queijo minas frescal (equivalente a uma unidade deste aqui)
2 colheres (sopa) de alho triturado (comprei pronto, mas você pode fazer em casa)
alho frito para polvilhar a gosto (comprei pronto, mas também pode ser feito em casa)

Nesta foto o alho frito polvilhado não aparece pois na primeira fornada que eu fiz não coloquei, e foi quando tirei a foto :P. Mas polvilhei na segunda fornada, fica ótimo!

Bata todos ingredientes do liquidificador, menos o alho frito. Despeje em forminhas untadas, polvilhe o alho frito sobre eles e leve ao forno médio até dourar. Si degusti!

Esta receita é naturalmente sem glúten. Para saber mais, leia aqui.

Risoto de Abóbora e Gorgonzola

Ficou tãaão bom …. 🙂

Só queria que o gosto da abóbora ficasse mais acentuado, então na próxima vez vou tentar cozinhar de outras formas, mas do que jeito que ficou já está maravilhoso!

IMG_0474

2 a 3 colheres de sopa de óleo para dourar a cebola
1/2 cebola grande ou 1 cebola média picada
50ml de vinho branco seco
1 xícara de chá de arroz arbório
1 xícara de chá de cubos pequenos de abóbora
800ml de caldo de legumes
25g de manteiga sem sal picada
100g de gorgonzola picado
Pimenta e noz moscada a gosto
cebolinha verde picada a gosto

Em fogo alto, refogue a cebola com o arroz.  Na sequencia, acrescente o vinho branco e permaneça mexendo até o líquido diminuir, assim o álcool irá evaporar. Feito isso, jogue na panela a abóbora e 1/3 do caldo de legumes. Diminua o fogo e fique por perto, vá mexendo e acrescentando caldo de pouco em pouco até o arroz cozinhar. Tempere com pimenta e noz moscada, não tem necessidade de colocar sal, pois os outros ingredientes já possuem. Cozido o arroz, desligue o fogo e acrescente a manteiga e o gorgonzola, dê uma mexida, tampe a panela e deixe o risoto descansar por 2 ou 3 minutinhos, a manteiga e o gorgonzola irão derreter. Enquanto o risoto descansa, pique a cebolinha para decorar e dar um gostinho especial ao prato, esse gostinho fez toda a diferença pra mim, foi um toque especial mesmo. Tire a tampa da panela, dê mais uma mexida para misturar bem a manteiga e o gorgonzola e si degusti!

Bolo da Laranja Inteira

Olá! Estou de férias e sobrou tempo para um bolinho \o/

Esse bolo ficou uma delícia! Bem leve , fofo e saboroso. Ainda por cima é muito prático e rápido de fazer.

O único porém, é que como ele leva uma laranja inteira, com casca e tudo, acabou ficando o gosto amarguinho da parte branca da laranja (mesocarpo). Também não é nada de mais, porque como ele tem uma calda bem docinha, esse toque amargo acaba diminuindo. Mas na próxima vez que fizer esta receita, vou tentar resolver isso retirando a parte branca da laranja antes de usá-la.

Obs.: Refiz o bolo sem usar a parte branca da laranja e deu super certo! Nem sinal do amarguinho 😉

Meu bolo ficou escuro pois usei açúcar mascavo ao invés do branco, mas use o que preferir.

Outra observação é quanto a calda. Ela fica bem líquida, então na hora de despejar sobre o bolo, não tenha pressa. Despeje de pouco em pouco, até que o bolo absorva todo esse líquido.

bolo2

Bolo

1 laranja inteira (retire apenas as sementes)
1 xícara de óleo
3 ovos
1 1/2 xícaras (chá) de açúcar
2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Calda

1 xícara (chá) de suco de laranja
1/2 xícara (chá) de açúcar

Bata no liquidificador a laranja, os ovos, o óleo e o açúcar. Coloque esta mistura em uma vasilha e adicione aos poucos, mexendo sem parar (não precisa de batedeira, faça manual mesmo) a farinha e o fermento peneirados. Leve ao forno baixo/médio em uma forma untada e enfarinhada por aproximadamente 40 minutos. Enquanto o bolo assa, faça a calda. Leve o suco e o açúcar ao fogo alto, mexa sem parar e mantenha no fogo até 10 minutos após ferver. Si degusti!

Café da manhã com panquecas!

Acordei cedo e inspirada, então resolvi me dar um café da manhã especial!

IMG_0458

150g de farinha de trigo
1 col (sopa) de açúcar
1 col (chá) de fermento
1/4 col (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de canela
3 col (sopa) de nata
1 ovo
50g de manteiga derretida
80ml de leite

Em uma vasilha misture bem os secos, em outra os líquidos. Depois, adicione aos poucos os ingredientes secos na mistura líquida, mexendo sem parar para que fique uma mistura bem homogênea. Leve porções ao fogo baixo em uma frigideira pequena e doure os dois lados. Importante ser em fogo baixo para que não fique crua por dentro. Essa receita rendeu 4 panquecas como as da foto. Use sua cobertura de preferência (geléias, doce de leite, manteiga … eu usei maple syrup) e si degusti!

 

Abóbora, Nozes e Gorgonzola

IMG_4403

Obrigada por essa Nigella! 🙂

Me surpreendi, realmente é mais do que aparenta ser, a combinação desses sabores é perfeita e é algo simplíssimo de fazer. Vou repetir muitas vezes!

cubos de abóbora na quantidade desejada
azeite de oliva a gosto
folhas frescas de tomilho a gosto
nozes a gosto
gorgonzola a gosto
sal e pimenta a gosto

Em uma travessa coloque os cubos de abóbora e tempere com o azeite e o tomilho. Misture bem pra que todos pedaços de abóbora fiquem bem untados de azeite (sem exageros, afinal, não é fritura né ?! :P). Leve ao forno médio e asse até os pedaços ficarem bem macios. Retire do forno, tempere com sal e pimenta e coloque no prato que vai servir. Cubra com as nozes e com o gorgonzola. Si degusti!